Dra Jaqueline Neves

dra jaqueline neves
saúde vaginal

Saúde vaginal: higiene adequada e prevenção de infecções

A saúde vaginal é um aspecto essencial do bem-estar geral de uma mulher, mas que acaba sendo subestimado em muitos casos.

Cuidar da saúde íntima é uma prática que envolve diversas estratégias e cuidados de higiene adequados, bem como medidas preventivas para evitar infecções que possam acabar causando desconforto e problemas mais graves.

Por isso, vamos abordar um tema essencial para a saúde feminina: a necessidade de manter uma higiene adequada para evitar prevenções de infecções e doenças.

Afinal, entender e implementar essas práticas é indispensável para ajudar as mulheres a manter o equilíbrio natural da flora vaginal, promover o conforto diário e garantir uma saúde íntima de qualidade. Acompanhe!

Por que a saúde vaginal é importante?

A saúde vaginal é um componente fundamental quando falamos na promoção do bem-estar geral das mulheres, pois influencia tanto a sua saúde física, quanto a sua saúde emocional.

Ao contrário do que muitas mulheres acreditam, cuidar da saúde vaginal não se resume apenas em fazer a higiene diária.

Afinal, envolve também ter uma certa compreensão de quais fatores podem afetar o equilíbrio natural da flora vaginal.

Assim como quais práticas preventivas ajudam a garantir uma vida saudável e confortável.

Portanto, algumas razões pelas quais a saúde vaginal é uma parte vital da saúde feminina incluem:

Prevenção de infecções

Uma boa saúde vaginal ajuda na prevenção de infecções comuns, como a vaginose bacteriana, candidíase e infecções do trato urinário.

Essas infecções podem causar muitos sintomas desconfortáveis, incluindo coceira, ardência, corrimento anormal e dor. Sem dúvida, esses sintomas acabam afetando a qualidade de vida da mulher.

Neste contexto, manter o equilíbrio do pH vaginal e a flora bacteriana saudável é fundamental para evitar essas condições com eficiência.

Conforto diário

O desconforto vaginal também pode interferir nas atividades diárias e na qualidade de vida.

A sensação de secura, as irritações e o surgimento de odores desagradáveis são problemas que podemos minimizar adotando os cuidados adequados.

Por isso, as práticas de higiene corretas e o uso de produtos apropriados são essenciais para manter o conforto no dia a dia.

A saúde vaginal é indispensável para a saúde reprodutiva

A saúde vaginal está diretamente ligada à saúde reprodutiva. Afinal, problemas vaginais não tratados corretamente podem levar a complicações mais sérias, como infertilidade ou até mesmo doenças inflamatórias pélvicas.

Mulheres que cuidam da sua saúde íntima contribuem para manter um sistema reprodutivo saudável. Isso é essencial para mulheres que planejam engravidar.

A saúde vaginal é essencial para uma vida sexual saudável

O bem-estar vaginal influencia a vida sexual das mulheres. Afinal, disfunções vaginais podem causar dor durante a relação sexual, redução do desejo e dificuldades de conseguir alcançar o prazer.

Impacto emocional

Problemas de saúde vaginal podem ter um impacto emocional, causando ansiedade, estresse e baixa autoestima.

Detecção precoce de problemas de saúde

Por fim, ao manter uma boa saúde vaginal e realizar todos os exames regulares dentro do prazo, as mulheres contribuem para a detecção precoce de problemas de saúde mais graves, como câncer cervical e doenças ginecológicas.

Saúde vaginal: o que fazer e o que evitar para garantir a higiene adequada

Que manter uma boa higiene vaginal é essencial para a saúde íntima, nós já entendemos, mas como aplicar isso corretamente no dia a dia?

Além de compreender a importância da higiene adequada na saúde vaginal, é indispensável que as mulheres saibam o que fazer e o que evitar para garantir que os cuidados diários sejam eficazes e não perturbem o equilíbrio natural da nossa flora vaginal.

Para te ajudar, separamos aqui algumas das principais orientações para manter a higiene adequada:

Higienização com água morna contribui para a saúde vaginal

Lave a região genital diariamente com água morna. A água ajuda a remover o suor, as secreções naturais e os possíveis resíduos, tudo sem agredir a pele.

Usar sabonetes neutros e sem perfume

Utilize somente sabonetes neutros, sem perfume e adequados para a região íntima. 

Afinal, esses produtos são formulados para manter o pH vaginal equilibrado e evitar irritações.

Secar bem após a lavagem

Após lavar a região, seque bem com uma toalha limpa e macia. A umidade excessiva pode criar um ambiente propício para o crescimento de fungos e bactérias.

Vestir roupas íntimas de algodão

Prefira sempre utilizar roupas íntimas de algodão, pois permitem uma melhor ventilação da região. Evite tecidos sintéticos que possam reter calor e umidade ao longo do dia.

Trocar absorventes e protetores diariamente com frequência

Troque absorventes, protetores diários e tampões regularmente durante o período de menstruação para evitar infecções e odores.

Urinar após relações sexuais

Urinar após as relações sexuais ajuda a expulsar possíveis bactérias que podem ter sido introduzidas na uretra, reduzindo o risco de infecções urinárias.

Evite duchas vaginais

Não faça duchas vaginais, pois elas podem perturbar o equilíbrio natural da flora vaginal e aumentar o risco de infecções.

Evite roupas apertadas 

Evite usar roupas íntimas apertadas e feitas de materiais sintéticos. Esses materiais podem aumentar a temperatura e a umidade na região genital, elevando as chances de infecções.

Não tome banhos muito quentes para evitar problemas na sua saúde vaginal

Evite banhos muito quentes para não ressecar a pele da região íntima e acabar causando irritações.

Não compartilhe toalhas ou roupas íntimas

Jamais compartilhe toalhas, roupas íntimas ou outros objetos pessoais que entrem em contato com a região genital de outra pessoa de alguma forma. 

Essa prática é indispensável para evitar contrair infecções e IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis).

Enfim, adotar essas práticas de higiene ajuda a manter a saúde vaginal sempre em dia, prevenindo infecções e desconfortos que possam afetar a sua qualidade de vida e a sua saúde íntima.

Portanto, é essencial prestar bastante atenção aos sinais do seu próprio corpo e consultar uma ginecologista de confiança regularmente. 

Afinal, ela fornecerá orientações e fará o diagnóstico de quaisquer infecções ou doenças que acabam surgindo.

A Dra. Jaqueline Neves, ginecologista e obstetra, está focada em acompanhar mulheres ao longo de todas as etapas de suas vidas, oferecendo conselhos e dicas personalizadas e ajudando a lidar com qualquer desafio para a saúde íntima.

Portanto, se você está sentindo incômodos íntimos e acredita que possa estar com algum tipo de infecção, não deixe de agendar a sua consulta com a Dra. Jaqueline.

Afinal de contas, com os cuidados adequados, você pode preservar a sua saúde e evitar complicações mais graves.

Artigos Relacionados

Diabetes Gestacional: Orientações para Gestante e Bebê

Diabetes Gestacional: Orientações para Gestante…

Receber o diagnóstico de diabetes gestacional pode…

Principais exames ginecológicos: o que esperar e quando fazer

Principais exames ginecológicos: o que…

Os exames ginecológicos desempenham um papel fundamental…

Fale conosco

Pesquisar

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Close

Dra Jaqueline Neves

Espero que goste desse artigo
escrito pela nossa equipe

Informações sobre consulta