Dra Jaqueline Neves

dra jaqueline neves
saúde feminina

Conheça as infecções mais comuns que afetam a saúde feminina

Você sabe quais são as infecções mais comuns que afetam a saúde feminina?

De corrimento vaginal, a infecções urinárias, candidíase, assim como uma série de outras condições, a saúde feminina pode ser afetada drasticamente se alguns cuidados básicos não forem tomados no dia a dia.

Cada uma dessas infecções possui as suas próprias causas, sintomas e abordagens de tratamento.

Mas todas compartilham uma característica em comum muito importante: a necessidade de ter atenção e cuidados para evitar situações que possam comprometer a saúde feminina.

Por isso, vamos conhecer algumas das infecções mais comuns que podem acabar afetando a saúde feminina e entender como podemos evitá-las. Acompanhe!

Quais os riscos das infecções para a saúde feminina?

As infecções comuns que afetam a saúde feminina representam um verdadeiro risco para a saúde geral das mulheres. Afinal, elas podem causar uma série de complicações se não receberem o tratamento correto.

Alguns dos principais riscos associados às infecções ginecológicas que as mulheres precisam conhecer incluem:

Infertilidade

Alguns tipos de infecções, como a doença inflamatória pélvica (DIP), causada por infecções bacterianas, podem levar a danos irreversíveis nas trompas de Falópio e nos órgãos reprodutivos. Portanto, pode resultar em infertilidade.

Gravidez complicada

Infecções não tratadas durante a gravidez podem aumentar o risco de complicações, como parto prematuro, aborto espontâneo, infecção do útero após o parto e até mesmo infecções neonatais.

Disseminação da infecção

Algumas infecções, como infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), podem se espalhar para outros parceiros sexuais se não receberem o tratamento correto. Portanto, aumenta o risco de transmissão e disseminação da doença.

Dor crônica

Infecções bacterianas, como a Clamydia trachomatis, podem causar dor crônica e desconforto. Por isso, afeta direta e intensamente a qualidade de vida das mulheres.

Complicações de saúde a longo prazo

Infecções crônicas ou recorrentes como a candidíase, por exemplo, podem levar a complicações de saúde no longo prazo e impactar negativamente a saúde feminina.

Câncer

 Infecções pelo vírus do papiloma humano (HPV), estão associadas a um aumento do risco de desenvolvimento de câncer, incluindo o câncer cervical, por exemplo.

Portanto, é fundamental diagnosticar precocemente as infecções ginecológicas e tratá-las da maneira adequada para evitar complicações graves. Assim, é possível proteger a saúde e o bem-estar das mulheres.

Além disso, é muito importante ressaltar que manter as consultas regulares com o ginecologista, sempre prezar pela prática de sexo seguro e de autocuidado, são medidas indispensáveis na prevenção e no manejo dessas infecções.

Principais infecções que podem afetar a saúde feminina

Enfim, agora que já entendemos o porquê as infecções podem ser potencialmente perigosas para a saúde feminina, vamos conhecer quais são as principais, suas causas e as melhores formas de prevenção:

Vaginose Bacteriana

A famosa vaginose bacteriana é uma das infecções ginecológicas mais comuns. Ela é causada pelo desequilíbrio da flora vaginal, que acontece quando há uma diminuição dos lactobacilos e um crescimento excessivo de bactérias, principalmente a Gardnerella vaginalis.

Paraevitá-la, é essencial manter hábitos de higiene saudáveis e adequados, como evitar duchas vaginais e usar roupas íntimas de algodão sempre que possível, além de praticar sexo seguro.

Candidíase Vulvovaginal é outra infecção que afeta a saúde feminina

A candidíase vulvoaginal, por sua vez, é um resultado do crescimento excessivo do fungo Candida albicans na vagina.

Fatores como uso de antibióticos, diabetes e roupas íntimas muito apertadas podem aumentar o risco de desenvolvimento da candidíase.

Por isso, a prevenção deve incluir evitar roupas apertadas, manter a área genital sempre seca e limpa e evitar o uso excessivo de antibióticos.

Tricomoníase

A tricomoníase é causada pelo protozoário chamado de Trichomonas vaginalis, que geralmente é transmitido sexualmente.

Desse modo, para evitar a infecção, as mulheres precisam garantir o uso de preservativos durante a relação sexual.

Infecção Urinária (Cistite)

Geralmente causada por bactérias como Escherichia coli, que colonizam a uretra e a bexiga, a infecção urinária pode ser muito desconfortável e causar bastante dor.

Algumas das formas de evitar e reduzir o risco de infecções urinárias incluem beber bastante água, sempre urinar após ter uma relação sexual, evitar segurar a urina por longos períodos, bem como praticar uma boa higiene íntima.

Doença Inflamatória Pélvica (DIP)

A DIP é uma infecção bem complicada dos órgãos reprodutivos superiores. Geralmente, ocorre por conta de infecções sexualmente transmissíveis que a paciente não tratou corretamente, como clamídia e gonorreia.

O uso de preservativos durante a relação sexual e a realização de exames regulares para detectar e tratar precocemente ISTs são formas eficazes de prevenir a DIP.

HPV (Papilomavírus Humano)

Uma das ISTs mais comuns do mundo, o HPV nas mulheres pode ser o causador do surgimento de verrugas genitais e aumentar o risco de câncer cervical.

Portanto, a vacinação contra o HPV é uma medida preventiva mais importante que deve ser adotada pelas mulheres juntamente com o uso de preservativos durante a relação sexual. 

Além disso, manter os exames regulares de Papanicolau é importante para rastrear o HPV de forma precoce, tomando as medidas necessárias para eliminá-lo de forma segura.

Saúde feminina: dicas para prevenir infecções

Para finalizar esse conteúdo da melhor forma, aqui estão algumas dicas essenciais para evitar infecções que possam afetar a saúde feminina:

  • Pratique sexo seguro;
  • Mantenha uma boa higiene íntima;
  • Busque utilizar roupas íntimas feitas de algodão;
  • Evite o uso de roupas muito apertadas por longos períodos;
  • Limpe-se corretamente ir ao banheiro;
  • Beba bastante água ao longo do dia;
  • Evite produtos que possam irritar a área genital e perturbar o equilíbrio natural da flora vaginal,
  • Faça exames e consultas regulares com um ginecologista de confiança.

Enfim, se você estiver em busca de cuidados ginecológicos personalizados e orientações especializadas, a Dra. Jaqueline Neves pode te ajudar!

A Dra. Jaqueline oferece uma abordagem personalizada para as necessidades individuais de suas pacientes. Afinal, ela conta com anos de experiência em saúde feminina.

Seja para exames de rotina, tratamento de infecções ou orientações sobre saúde sexual e reprodutiva, agende a sua consulta com a Dra. Jaqueline Neves e tenha acesso aos melhores cuidados de saúde ginecológica e feminina.

Artigos Relacionados

Diabetes Gestacional: Orientações para Gestante e Bebê

Diabetes Gestacional: Orientações para Gestante…

Receber o diagnóstico de diabetes gestacional pode…

Principais exames ginecológicos: o que esperar e quando fazer

Principais exames ginecológicos: o que…

Os exames ginecológicos desempenham um papel fundamental…

Fale conosco

Pesquisar

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Close

Dra Jaqueline Neves

Espero que goste desse artigo
escrito pela nossa equipe

Informações sobre consulta